Retrospectiva e resultados IDESF 2021

0
361

O Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF) atua como agente de desenvolvimento das fronteiras por meio de estudos, pesquisas, levantamento de dados, fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e na formação de pessoas para atuar nos diferentes contextos de fronteira a fim de contribuir para o desenvolvimento sustentável destas regiões.

A seguir, há um resumo das principais ações do IDESF realizadas em 2021:

Cursos ofertados

Junto com organizações como a ESIC – Business & Marketing School Internacional e a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG), o IDESF oferta dois cursos de pós-graduação. Já foram formadas quase 500 pessoas como especialistas em fronteiras. Formações ofertadas:

– Pós-Graduação em Gestão, Estratégia e Planejamento em Fronteiras
– Pós-Graduação em Gestão em Ciência Política, Estratégia e Planejamento

Em 2021, foram diplomados 91 alunos, das turmas de Foz do Iguaçu (PR), Cascavel (PR) e Porto Alegre (RS).

Publicações de livros e estudos
O IDESF mantém uma editora com foco em publicações relacionadas direta ou indiretamente ao desenvolvimento fronteiriço. Entre os destaques de obras editadas e impressas estão os volumes da publicação (Re)Definições de Fronteiras, que traz artigos acadêmicos sobre as realidades fronteiriças e, neste ano, em especial abordagem aos desafios das fronteiras frente à pandemia da Covid-19. Outro livro publicado tem como título “União Europeia: visões do Sul”, que traz debates acerca de diversos temas que fazem parte das relações entre UE e Mercosul.

– Livro: “(Re)Definições das Fronteiras – Trajetórias da crise global”
– Livro: “União Europeia: visões do Sul”

Para 2022, a expectativa é de que sejam realizadas mais 5 publicações de livros inéditos.

Outra publicação que teve grande repercussão foi o estudo “O mercado ilegal de defensivos agrícolas no Brasil”, lançado no mês de agosto. O estudo traz um panorama da atividade ilegal, bem como as rotas utilizadas pelos criminosos para circular os defensivos em território nacional.
O Estudo está disponível para download no link: https://www.idesf.org.br/2021/08/10/mercado-ilegal-de-defensivos/

Novos projetos

Plataforma “Perfil socioeconômico das cidades da faixa de fronteira
O ecossistema das cidades de fronteira é diferente. Há aspectos geográficos, econômicos e culturais que tornam cada uma dessas regiões como únicas. Para acessar de forma rápida dados sobre as 588 cidades da faixa de fronteira e os mais de 12 milhões de pessoas que vivem nessas regiões, o IDESF lançou a Plataforma com o perfil socioeconômico das cidades da faixa de fronteira, disponível em: https://bit.ly/3xrlF7V

Plataforma Agro
Outro sistema lançado neste ano é a “Plataforma agro”, que mostra o panorama do escoamento do contrabando de defensivos agrícolas pelas vias do país, via georreferenciamento, com as rotas mais utilizadas pelas quadrilhas. Link para acesso: http://plataformacrimes.idesf.org.br/idesf/defensivos-ilegais

Podcast
Os interessados nos temas relacionados às fronteiras também podem informar-se por meio de áudios. O IDESF lançou o Podcast “Radar das fronteiras”. Uma vez por mês, são publicados conteúdos exclusivos.

Clique aqui para ouvir

Boletim
Também com edição mensal, o Boletim do IDESF traz reportagens especiais, fotos e publicações das fronteiras do Brasil e do exterior.

Viagens técnicas
As turmas de pós-graduação do IDESF participaram de viagens técnicas a Dourados (MS), além da viagem de estudos técnicos realizada junto à Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) ao Arco Norte do Brasil, a locais estratégicos como Manaus (AM), Boa Vista (RR) e Pacaraima (RR), além da participação no “II Simpósio sobre Defesa Nacional, fronteiras e Migrações: estudos sobre ajuda humanitária e segurança integrada”.

Produção científica
Foz do Iguaçu – 23 artigos
Cascavel (Adesg) – 9 artigos
Cascavel (Fronteiras) – 12 artigos
Porto Alegre – 14 artigos

Eventos

O IDESF promoveu 10 eventos, nas modalidades online e presencial, além de ser apoiador de eventos internacionais como o Fórum Trinacional sobre Violências, que reuniu especialistas do Brasil, Paraguai e Argentina. O Presidente do IDESF, Luciano Stremel Barros, também foi mediador e palestrante em eventos como “V Colóquio sobre fronteiras e direitos humanos na União Europeia e Mercosul”, “Painel telebrasil 2021”, “Diálogos Conexis Brasil” e “Arco Sul e os desafios para combate à criminalidade”, durante Painel de Segurança e Interação no Arco Sul, Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF).

A Diretora de Relações Internacionais do IDESF, Lilana Korniat, participou do conversatório sobre “Gerenciamento de crise e emergências”, organizado pelo FEPROSEF Bolívia e AIMCSE.

Laura Urrejola, Professora e pesquisadora, representou o IDESF no curso “Executive Training On The European Union for Brazilian Scholars” (em tradução literal: “Treinamento Executivo sobre União Europeia para Acadêmicos Brasileiros”), a convite da Representação da União Europeia no Brasil.

Em outubro, o IDESF, bem como o Presidente do Instituto, Luciano Stremel Barros, receberam o diploma “Amigo da Segurança Empresarial”, da Itaipu Binacional. A homenagem tem como objetivo reconhecer o trabalho das pessoas e organizações parceiras que contribuem para que as ações realizadas pela Segurança Empresarial da hidrelétrica sejam realizadas com êxito.
Os diplomas foram entregues pelo Diretor-geral da Margem Esquerda da Itaipu Binacional, General João Francisco Ferreira, pelo Diretor-administrativo, Almirante Paulo Roberto da Silva Xavier e pelo Superintendente de Segurança Empresarial, Coronel Alfredo Santos Taranto.

Dados e números

Repercussão de notícias na imprensa
A partir dos press-releases enviados pelo IDESF, foram publicadas pela imprensa quase 200 notícias em veículos de comunicação, dentre eles, mídias nacionais como Valor Econômico, Jornal Hoje, Canal Rural e Agro Mais. A notícia com maior repercussão, responsável por mais da metade das publicações, foi o lançamento do estudo “O mercado ilegal de defensivos agrícolas no Brasil”. Sobre o tema, em 23 de março, o Presidente do IDESF, Luciano Stremel Barros, concedeu entrevista ao Jornal Hoje (Rede Globo).

Matérias especiais

As fronteiras do Brasil e as pontes como mecanismo de integração

O mercado ilegal de vinhos no Brasil

A tributação no Brasil e a entrada de produtos ilegais no país

Rota Elétrica Mercosul: integração entre os países a bordo de veículos elétricos

As Cooperativas na reorganização econômica dos territórios de faixa de fronteira

A integração regional na gestão de recursos hídricos em fronteiras

Instalação de lojas francas em áreas de fronteiras cresce 33% em três meses no Brasil

Mídias sociais
Mais de 600 mil interações no linkedin, instagram, facebook e youtube do IDESF.

Termos de cooperação
Foram assinados termos de cooperação técnico-científica com a Universidade de Tuscia (Itália), com o Instituto Iberoamericano de Estudos Jurídicos (Iberojur), Sindicato dos Policiais Federais do Estado de Santa Catarina (SINPOFESC) e com o Sindicato Nacional de Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco Nacional).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome