Brasiléia

0
1660

Brasiléia fica distante de Rio Branco 234 km e tem uma população, estimada em 2016, de 24.311 habitantes e sua área territorial de 3.916,502 km². Brasiléia, era chamada Brasília, foi fundada nas terras dos índios Catianas e Maitenecas, no Seringal Carmem, o Acre já era território do Brasil. Brasília foi assentada à margem esquerda do Rio Acre, de frente à cidade boliviana de Cobija, onde moravam a maioria dos brasileiros que a fundaram no dia 03 de julho de 1910, hoje cidade de Brasiléia. Os proprietários do Seringal Carmem chegaram a destruir o prédio de madeira onde funcionaria o Palácio da Justiça do pequeno vilarejo de Brasília, mas por decisão do Cartório do Tabelião Público de Rio Branco, no ano de 1911, a firma seringalista foi obrigada a ceder aos fundadores da área já ocupada.

A região onde está situada hoje a cidade de Brasiléia também foi ponto importante para Plácido de Castro, como comandante das tropas acreanas pudesse montar, no Alto Acre, bases militares quando da luta contra o Exército da Bolívia na questão do Acre, no ano de 1902. Pelo Decreto Nº 9.831, de 23 de outubro de 1912, do Presidente Hermes da Fonseca, Xapuri tornou-se município e Brasília sua comarca. No mesmo ano de 1912, Brasília foi elevada a categoria de vila, passando a ser considerada cidade em 1938. O Presidente Getúlio Dorneles Vargas, através do Decreto – Lei nº 968, de 21 de dezembro de 1938 criou o município de Brasília. Somente em 04 de janeiro de 1939 é que a prefeitura foi instalada. Pelo Decreto – Lei nº 6.163, de 31 de dezembro de 1943, Brasília passou a chamar-se BRASILÉIA, nome que continua até nossos dias. A economia do município é baseada no extrativismo, madeira, borracha, pesca e turismo ecológico; tem uma agropecuária de subsistência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome