Superintendente Regional da PF do Paraná, Luciano Flores, faz palestra em Foz do Iguaçu

0
254

O Superintendente Regional da Polícia Federal do Paraná, Luciano Flores, proferiu em Foz do Iguaçu, na última quinta-feira (19.12), uma palestra sobre o tema “Crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa”. A palestra foi realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF), no auditório da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, e reuniu integrantes das forças de segurança, lideranças e formadores de opinião da tríplice fronteira.

Entre as abordagens trazidas pelo superintendente, a ocultação de bens tipificada por legislação a partir de 2012, quando passou a ser crime de lavagem de dinheiro manter um patrimônio oculto ou dissimulado se esse patrimônio for decorrente de uma infração penal qualquer. Flores abordou a discussão jurídica travada a partir da legislação sobre a condição de o patrimônio ter sido adquirido antes da nova lei, uma vez que a legislação não pode retroagir.

Também foram abordagens da palestra as competências da Justiça Federal de atuar em crimes contra o sistema financeiro nacional, em crimes contra a ordem tributária – quando se tratar de tributos federais – e na lavagem de dinheiro. “Lavagem de dinheiro é um crime permanente”, destacou o superintendente.

Esta foi a última atividade do IDESF em 2019. O Instituto entra em recesso e retoma suas atividades em 2020.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome