Tema: “Sistema penitenciário”

0
134

Quando se fala no sistema penitenciário brasileiro uma série de dúvidas e especulações surgem em torno da temática. Por isso, conversamos com o Delegado de Polícia Federal e Ex-chefe do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Fabiano Bordignon, sobre as possibilidades de melhoria do sistema a fim de trazer maior segurança para a sociedade e também para pensar na reintegração de quem cumpre uma pena.
Na entrevista, Fabiano fez um resgate histórico sobre o sistema penitenciário brasileiro e abordou dados como o fato de que o Brasil tem, hoje, 300 mil presos em regime fechado. Em relação à ressocialização dos presos, ao comentar sobre o que considera exemplos bem sucedidos no Brasil e no mundo, Fabiano destacou o estado de Santa Catarina, principalmente nas cidades de Chapecó e Curitibanos, além de algumas unidades no Paraná e na região Nordeste. “Santa Catarina chega a arrecadar mais de R$ 30 milhões com o trabalho dos presos e parte disso vai para a família dele. Na rotina, ele trabalha 8 horas, a noite vai para a escola, que fica dentro da unidade prisional, então fica o dia todo ocupado e ainda consegue levar recursos para a família. Aos poucos, vai percebendo que é muito vantajoso viver dessa forma e, inclusive, acaba influenciando os faccionados, que percebem uma oportunidade de futuro viver desta forma e sair do mundo do crime”.

A entrevista está disponível no canal do Youtube e no Spotify do IDESF. Para assistir, é só clicar na imagem abaixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome