Módulo da pós-graduação aborda compliance, ética e governança

0
86
Levantamento recente mostra que para 96% dos executivos brasileiros corrupção e suborno são práticas que ‘ocorrem amplamente nos negócios de seu país ou regiões’. Porém, mesmo diante do elevado índice de percepção de corrupção corporativa, 96% deles acreditam que é importante demonstrar que sua empresa opera com integridade.

A informação trazida pelo Juiz Federal do Tribunal da 4° Região, Antônio César Bochenek, foi amplamente abordada na noite desta quinta-feira (17), durante a primeira aula do módulo ‘Compliance, ética, governança e marcos legais no setor público e privado’, da Pós-graduação em Gestão, Estratégia e Planejamento em Fronteiras do IDESF.

A aula teve participação do desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, Clayton Maranhão, e do titular da 6ª Promotoria de Justiça de Foz do Iguaçu, Marcos Cristiano Andrade, que trouxeram suas contribuições sobre o tema, com exemplificação de projeto elaborado em parceria entre o Ministério Público do Estado do Paraná e a Itaipu Binacional, com a oferta de plataforma que padroniza o Portal de Transparência de 17 prefeituras de municípios lindeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome