Polícia Federal desarticula esquema de garimpo em terra indígena no PA

0
1126

A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira (7) a Operação Muiraquitã, em Ourilândia do Norte e Redenção, no sul do Pará. A ação tem o objetivo de desarticular um esquema criminoso de garimpo e venda ilegal de ouro extraído do interior da terra indígena Kayapó. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), são extraídos aproximadamente 20 kg de ouro por semana do local, o que representa movimentação mensal de R$ 8 milhões.

Estão sendo cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, 14 de mandados de busca de apreensão e três de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor, expedidos pela Justiça Federal de Redenção, no sul do Pará. Também estão sendo executados mandados nas cidades de Porto Nacional (TO) e São José do Rio Preto (SP).

As investigações sobre a exploração ilegal do ouro iniciaram no final de 2015. Até o momento, ficou demonstrado que os investigados incidiram na prática dos crimes de usurpação de bem da União, extração de recursos minerais sem autorização, diversos outros crimes ambientais, receptação qualificada e associação criminosa.

Com a busca e apreensão de documentos, em complemento às declarações dos envolvidos, a Polícia Federal pretende identificar outros participantes do esquema e averiguar a extensão dos danos ambientais causados e a prática do crime de lavagem de capitais pelos comerciantes de ouro, que tinham lucros altíssimos com a atividade.

Garimpo clandestino

A Polícia Federal e a Funai sobrevoaram a área e verificaram que o centro da atividade garimpeira está concentrada no garimpo da Aldeia Turedjan, em Ourilândia. Foram identificadas cerca de 40 pás-carregadeiras, avaliadas em aproximadamente R$ 400 mil cada, posicionadas em diversos pontos de garimpos espalhados pelo local.

De acordo com a PF, a reserva indígena se tornou o destino de centenas de garimpeiros clandestinos atraídos pela expectativa de fortuna rápida. A ambição pelo ouro resultava em conflitos entre os garimpeiros, que disputavam uma mesma área, gerando um clima tenso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome