IDESF firma parceria com o Instituto Pandiá Calógeras

0
89

Além de trazer para debate os principais temas da atualidade sobre as fronteiras brasileiras, o VI Seminário Fronteiras do Brasil, realizado de 21 a 23 de novembro, no auditório da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, marcou a formalização de mais uma parceria do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF).

A instituição assinou memorando de entendimento com o Instituto Pandiá Calógeras (IPC), órgão ligado ao Ministério da Defesa e com sede em Brasília. O memorando prevê parceria entre as instituições, com intercâmbio de conhecimentos, informações, dados, documentos e a realização de atividades, pesquisas, eventos, com foco em assuntos de defesa nacional e temas correlatos, particularmente no que tange as fronteiras brasileiras.

O memorando foi formalizado no primeiro dia do evento, 23, pelo presidente do IDESF, Luciano Barros, e pelo diretor do Instituto Pandiá Calógeras, Joanisval Brito Gonçalves (IPC). O IPC é um órgão de assessoramento direto e imediato ao Ministro de Estado da Defesa e tem como missão é oferecer assessoria estratégico na área de defesa.

Para Luciano Barros, a parceria vem consolidar o trabalho realizado pelo IDESF desde sua fundação e abre perspectivas para novas ações em prol do desenvolvimento das regiões fronteiriças. “A institucionalização desta parceria reforça nossa proposição de trabalho de pensar as fronteiras de forma multidisciplinar e multidimensional, pelo viés do desenvolvimento, e buscar que elas façam parte da agenda política de nossos representantes”, afirmou Barros.

Sobre o IDESF – O IDESF é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Foz do Iguaçu (PR), fundada com objetivo de criar mecanismos para promoção da igualdade e da integração entre as regiões de fronteira, para o fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e para o combate aos problemas próprios destas regiões, por meio de estudos, ações e projetos e através de parcerias públicas e privadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome