IDESF forma mais uma turma de especialistas em fronteiras

0
231

O último final de semana foi de comemorações para a turma da Pós-graduação Gestão em Ciência Política, Estratégia e Planejamento, com Ênfase em Fronteiras, oferecida pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF). Depois de 18 meses de atividades, os alunos concluíram oficialmente o curso em formatura realizada no sábado (08.12), no auditório da Polícia Federal (PF) de Foz do Iguaçu.

Oferecido também em Cascavel, o curso se consolida pelo caráter de excelência em formação e pela integração, uma vez que reúne alunos de órgãos públicos de diferentes áreas – do Brasil e dos países vizinhos – e também civis, que buscam ter uma visão ampliada e aprofundada da tríplice fronteira. Os alunos da pós recebem dupla certificação das entidades parceiras do IDESF na realização do curso: da ESIC – Business & Marketing School, uma das melhores escolas de negócios do mundo, e da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg), pela qual ingressam na instituição como adesguianos.

O delegado da Adesg no Paraná, Coronel Antonio Carlos Figueiredo, destacou durante seu discurso que os adesguianos têm o dever de levar aos brasileiros a mensagem de responsabilidade e de trabalho nesta nova etapa do País.  “A cada turma acredito cada vez mais no País.  Tenho certeza que este grupo, que agora faz parte de uma elite pensante do estado brasileiro, vai contribuir ainda mais para o bem do Brasil e dos brasileiros”, destacou.

O diretor geral da ESIC, padre Ari João Erthal, ressaltou que os formandos recebem a certificação de uma instituição que já é reconhecida internacionalmente e que acabou de ser rankeada pelo The Wall Street Journal entre as melhores do mundo. “Trabalhamos para buscar a excelência. Vocês têm o carimbo de uma das melhores escolas de negócios do mundo”.

O presidente do IDESF, Luciano Stremel Barros, agradeceu ao pull de entidades que fazem parte da formação e presentes na certificação e enfatizou as percepções sobre momento vivido pela sociedade brasileira durante suas recentes participações em eventos nacionais. “Há um clima de otimismo em relação o futuro do País e este grupo está mais preparado para dar sua contribuição ao País e, em especial, a nossa região de fronteira”, conceituou.

O representante da Adesg em Foz do Iguaçu, Jaime Luiz Remor, disse que o IDESF é uma das poucas instituições do Brasil que tem parceria com a Associação. O delegado adjunto da PF, Mozart Fuchs, que já foi aluno da pós e hoje é adesguiano, destacou a amplitude da formação recebida pela abordagem das diferentes áreas que compõem a fronteira e da característica agregadora do curso, integrando as três ‘nações irmãs’.  “Vocês terão o desafio de colocar todo esse conhecimento em prática”, disse, dirigindo-se aos alunos.

A representante da ADESG em Cascavel, Adelize Trentin Lemes, fez referência ao laços de amizade que se formam no curso e o senso de responsabilidade transmitido aos alunos sobre sua contribuição para o bem do País. “A parceria entre as entidades foi um marco que elevou a qualidade do curso, o qual potencializa a atuação dos seus alunos e lhe devolve o protagonismo que cada cidadão tem”, afirmou.

Orador e xerife da turma, o advogado Javert Ribeiro da Fonseca Neto, descreveu o curso como a experiência proveitosa do grupo ‘eclético e internacional’ em compartilhar experiências, trocar ideias e informações entre colegas, “cada qual exímio profissional na sua respectiva área de atuação”.

Durante a cerimônia, o presidente do IDESF, Luciano Barros, prestou homenagem ao aluno Javier Orlando Flores, integrante da Policía Nacional do Paraguai, que quando jovem, aos 19 anos, venceu concurso para escolha do hino da entidade. Barros entregou ao aluno uma placa com a letra do hino, entoado durante a cerimônia. Emocionado, Flores destacou sua relação com o Brasil, dizendo que dois dos seus quatro filhos são brasileiros. “Vamos nutridos dos conhecimentos que adquirimos (no curso) e percebemos durante o quanto se preocupam com o País e com as fronteiras”, disse.

Sobre as instituições que assinam a pós-graduação:

A ADESG é uma instituição civil sem fins lucrativos, de caráter educacional a nível superior e que congrega brasileiros de diversas áreas sociais, técnicas, culturais e empresariais. Com 45 anos de representatividade no Paraná, já formou mais de cinco mil adesguianos no estado.

A ESIC é uma faculdade internacional especializada em Gestão de Negócios e Marketing. Com mais de 50 anos de experiência, possui matriz em Madri e Barcelona, 10 campus na Europa, campus brasileiro em Curitiba, acordos e convênios nos 5 continentes, especialmente os Estados Unidos, Índia e China.

O IDESF é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Foz do Iguaçu, que, por meio de estudos, ações e projetos, promove a integração entre as regiões de fronteira, o fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e o combate aos problemas próprios dessas regiões.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome