ABIN coordena Operação Triple Fuerza em presídios do Paraná, da Argentina e do Paraguai

    0
    130

    Brasília – A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) coordenou a primeira edição da “Operação Triple Fuerza” desencadeada na região da Tríplice Fronteira, no Paraná, com a atuação conjunta de instituições brasileiras, paraguaias e argentinas na segurança penitenciária. A ação fez parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF). A Operação foi coordenada pela Superintendência Estadual Paraná, da ABIN, e pelo Batalhão de Polícia de Fronteira da Polícia Militar do Paraná.

    Segundo a ABIN, os esforços de segurança concentraram-se em penitenciárias das cidades paranaenses de Foz do Iguaçu, Cascavel, Francisco Beltrão, Catanduvas, Toledo, Assis Chateaubriand e São Miguel do Iguaçu. Abordagens, bloqueios nas proximidades das unidades prisionais, fiscalizações, revistas veiculares e individuais com emprego de cães, planos de defesa dos estabelecimentos e emprego de helicópteros e tropas especiais fizeram parte do plano de ação.

    Além disso, forças da Argentina e do Paraguai participaram da Triple Fuerza. A Gendarmeria Nacional Argentina atuou em abordagens na fronteira dos países em conjunto com a Força Nacional de Segurança Pública e a Polícia Federal (PF). Já Polícia Nacional e a Direção Geral de Estabelecimentos Penitenciários do Paraguai foram empregadas em intervenções nas Penitenciárias de Tacumbu, Ciudad del Este, San Pedro, Pedro Juan Caballero, Coronel Oviedo e Encarnación.

    “A Operação foi um marco na região, pois contou com a presença ostensiva de diversas forças de segurança atuando em conjunto. Essa ação histórica de enfrentamento ao crime organizado recebeu apoio incondicional da ABIN em toda sua fase de planejamento e execução”, revelou Luís Henrique Santos, chefe de inteligência da unidade Catanduvas.

    “A Triple Fuerza foi exitosa. A operação reforçou o papel constitucional e legal de cada instituição de segurança e resultou em fortalecimento do SISBIN no oeste do Paraná, gerando, portanto, reflexos positivos à atuação da ABIN no contexto do PPIF e em seu papel de órgão central do SISBIN”, destacou a Superintendência da ABIN no Paraná.

    Participaram da Operação do Departamento Penitenciário Estadual, Departamento Penitenciário Federal. Força Nacional de Segurança Pública, Guarda Municipal de Foz do Iguaçu, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Marinha do Brasil, Polícia Civil do Paraná, Polícia Federal, Polícia Militar do Paraná, e Polícia Rodoviária Federal.

     

    Fonte:http://inforel.org/abin-coordena-operacao-triple-fuerza-em-presidios-do-parana-da-argentina-e-do-paraguai

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Digite seu comentário
    Digite seu nome