Tráfico de seres humanos: seminário reúne representantes da tríplice fronteira

0
194

Um público atento acompanhou na noite desta quarta-feira (24) o VI Seminário Internacional da Tríplice Fronteira. O evento aconteceu no Recanto Park Hotel e se insere nas comemorações da Campanha Coração Azul, criada pela ONU para conscientizar sobre o tráfico de pessoas e ao dia dedicado ao tema em todo o mundo, 30 de julho.

Em Foz do Iguaçu, as atividades alusivas à campanha foram organizadas pela Câmara Técnica de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, da qual o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF) faz parte.

Na abertura do seminário, organizado pelo IDESF e pela Cáritas, o secretário-executivo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Josnei Fagundes, fez apresentação do trabalho da Câmara Técnica e as ações já consolidadas do grupo de parceiros para conscientizar sobre o crime.

O primeiro palestrante foi o diretor do Departamento de Migrações do Ministério da Justiça, Andre Furquim. Também foram palestrantes a delegada da Unidade Especializada em Tráfico de Pessoas e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes do Paraguai, Carina Sánchez; o assistente social formado pela Faculdade de Entre Rios e diácono da Igreja Evangélica do Rio da Prata, na Argentina, Ruben David Mohr, e a professora, consultora e doutoranda em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do ABC, Verônica Maria Teresi.

Ao final, os palestrantes participaram de plenária, respondendo a perguntas do público. A tipificação do crime no Brasil segue o Protocolo de Palermo (ONU 2003), segundo o qual exploração laboral (mesmo a doméstica), exploração sexual e trabalho escravo ou análogo se classificam como tráfico de pessoas.

A Câmara Técnica de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas é vinculada ao Grupo de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e, além do IDESF e Cáritas, tem como integrantes o grupo Jocum (Jovens com uma Missão), OABFI, Secretaria Municipal de Assistência Social de Foz do Iguaçu, Polícia Federal, Polícia Civil, Ministério Público, Polícia Militar, Guarda Municipal, Casa do Migrante, Ministério Público do Paraguay e CAREF da Argentina. O patrocínio das ações é da Itaipu Binacional.

Sobre o IDESF – O IDESF é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Foz do Iguaçu (PR), que, por meio de estudos, ações e projetos, promove a integração entre as regiões de fronteira, o fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e o combate aos problemas próprios dessas regiões.

Rosane Amadori – Assessoria de Comunicação IDESF – (45) 99101-1045

Fotos: Inspetor da Guarda Municipal Nelson Barrios

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome