Centro Integrado de Operações de Fronteiras segue modelo americano dos Fusions Centers

0
234

O Centro Integrado de Operações de Fronteiras (CIOF) que será instaurado em Foz do Iguaçu vai funcionar no modelo dos Fusions Centers, ou os Centros de Fusão, instaurados nos EUA, os quais promovem o compartilhamento de informações entre órgãos de segurança, de justiça e de investigação americanos. O CIOF é um projeto do Ministério da Justiça para integrar as forças de segurança brasileiras e Foz terá o plano piloto da iniciativa.

Na manhã desta sexta-feira, o capitão da PM, Clayton Oliveira Lima, representante do Paraná no grupo de trabalho criado pelo Ministério da Justiça para a estruturação do CIOF, fez uma visita ao Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF). Lima foi recebido pelo presidente do Instituto, Luciano Barros. “A importância da implantação desse projeto está no aumento da capilaridade do Estado para combater crimes transnacionais através da integração entre os agentes de segurança brasileiros e dos países vizinhos”, destacou Barros.

O modelo do CIOF será replicado em outras áreas da região de fronteira. Nos EUA, atualmente são 79 Fusions Centers em operação. “Não há como falar de segurança pública sem integração dos órgãos”, avalia Lima. Durante a visita, Barros presenteou o capitão com o terceiro volume do livro (Re)Definições de Fronteiras, uma publicação da Editora IDESF, que traz trabalhos científicos de pesquisadores de várias partes do mundo, em português, inglês e espanhol, sobre as realidades de fronteiras.

Rosane Amadori

Comunicação IDESF

(45)99101-1045

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome