IDESF faz doação de expositores de armas antigas à PF do RS

0
91

O presidente do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF), Luciano Barros, participou na manhã desta sexta-feira (22), da abertura da exposição permanente de armas antigas da Delegacia da Polícia Federal de Santa Cruz do Sul (RS). A abertura inaugurou os expositores que foram doados pelo IDESF e vão expor à comunidade acervo de armas entregues pelo Museu do Colégio Mauá na Campanha do Desarmamento (Lei 10.826/2003).

   

A doação ocorreu depois de debate da comunidade sobre a manutenção do acervo bélico no museu. Por questões de segurança, a coleção de armas, formada por doações da comunidade ao longo dos anos, foi doada à delegacia.

O armamento foi identificado, catalogado e dividido em armas com e sem consagração histórica. Parte das 219 armas entregues foi encaminhada para a destruição pelo Exército Brasileiro. Outra parte foi guardada em cofre metálico para futura exposição, até que a unidade policial federal encontrasse uma parceria privada para viabilizar expositores e iluminação apropriados. “São armas históricas, que merecem ser expostas e preservadas”, comentou Barros.

Em face do valor histórico, a delegacia já cedeu o acervo a cineastas e produtores de filmes para uso em cenas épicas. As armas já foram utilizadas em filmes do cineasta Tabajara Ruas, à exemplo de “A Cabeça de Gumercindo Saraiva”, rodado em 2018.

Sobre o IDESF – O IDESF é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Foz do Iguaçu (PR), que, por meio de estudos, ações e projetos, promove a integração entre as regiões de fronteira, o fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e o combate aos problemas próprios dessas regiões.

Rosane Amadori – Assessoria de Comunicação IDESF

(45) 99101-1045

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome