Presidente do IDESF faz conferência na Argentina sobre a modernização do Estado

0
50

O presidente do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (IDESF) participou nesta quinta e sexta-feira (15 e 16.11) do 5º Congreso de Economía Regional ‘La Modernización del Estado’. O evento acontece na cidade de Corrientes, na Argentina, e é uma realização da Fundacion Clube de La Libertad.

Barros fez uma conferência sobre o tema “Estado moderno con governabilidad e sin corrupcion”, na qual falou sobre os fundamentos da responsabilidade democrática, condição que é pautada na ética, na transparência e nos direitos individuais.

Também abordou o papel do whistleblower, que em tradução literal significa ‘assoprador de apito’. O termo é bastante usado na comunidade jurídica internacional e faz referência ao denunciante, ou seja, aquele que espontaneamente leva ao conhecimento das autoridades informações relevantes sobre ilícito civil ou criminal.

“A responsabilidade democrática é incompatível com a corrupção e as práticas ilícitas. E sua sustentação depende da participação dos mais diferentes atores sociais”, destaca.

Além de Luciano Barros, o evento também teve participação do delegado chefe da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, Fabiano Bodignon, que fez uma conferência sobre experiências da segurança na tríplice fronteira.

Sobre o IDESF – O IDESF é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Foz do Iguaçu (PR), que, por meio de projetos, iniciativas e ações promove a integração entre as regiões de fronteira, o fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e o combate aos problemas próprios dessas regiões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome