Estudo do IDESF sobre as fronteiras brasileiras é levado aos órgãos públicos de Brasília

0
148

O major Alex Jorge das Neves e 2º tenente Luiz Vandson Fernandes Godoy da Rosa, ambos da Polícia Militar de Goiás, estiveram em Brasília nas últimas semanas representando o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social das Fronteiras (IDESF) e entregando o Diagnóstico do Desenvolvimento das Cidades Gêmeas do Brasil em diversos órgãos federais.

Os dois militares visitaram a Presidência da República, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Ministério da Justiça, Ministério da Defesa, Ministério da Fazenda, Ministério da Educação, Ministério da Saúde, Supremo Tribunal Federal, Câmara dos Deputados, Senado Federal, dentre outros órgãos, levando exemplares do estudo realizado pelo IDESF com dados das 32 cidades gêmeas brasileiras.

“O objetivo é sensibilizar as mais altas autoridades do País e conscientizá-las da importância do desenvolvimento de políticas públicas prioritárias nas regiões de fronteira do Brasil com os vizinhos da América do Sul, visando o sufocamento das organizações criminosas, o combate ao contrabando e descaminho, bem como a instauração de medidas e estratégias de desenvolvimento e integração dos municípios fronteiriços”, avalia das Neves.

O major Alex coordenou a Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (ENAFRON), na Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), do Ministério da Justiça, e participou da construção do Diagnóstico no campo da segurança pública. Atualmente, integra a equipe de colaboradores das atividades integradas do IDESF para o desenvolvimento de fronteiras.

Sobre o IDESF – O IDESF é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Foz do Iguaçu (PR), que, por meio de estudos, ações e projetos, promove a integração entre as regiões de fronteira, o fortalecimento das relações políticas, sociais e econômicas e o combate aos problemas próprios destas regiões.

  • Rosane Amadori
  • Assessoria de Comunicação IDESF
  • (45) 99101-1045

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome