Livro Vidas Exploradas: Contexto neocolonial do tráfico de pessoas entre Fronteiras

0
328

A Cáritas Diocesana em Foz do Iguaçu em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras (SCF) e o Curso de Bacharelado em Direito, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) têm a grata satisfação de apresentar a introdução ao público da coletânea “Vidas exploradas: contexto neocolonial do tráfico de pessoas entre fronteiras”. Trabalho reúne esforços de pesquisa do curso de mestrado e de bacharelado em direito, com reflexões desenvolvidas entre 2016-2017, numa perspectiva local e atualizada.

O Tráfico Humano é um tema extremamente complexo e multifacetado, pois abrange questões que dizem respeito às migrações internas e internacionais, promoção e defesa dos direitos humanos, segurança nacional e luta contra o crime organizado, relações internacionais, atendimento e proteção de vítimas, instrumentos jurídicos de proteção, relações de gênero e raça, desenvolvimento humano e cooperação internacional, debates filosófico-antropológico sobre a dignidade humana, entre outros.

Esta obra, por este viés, tem o objetivo de contribuir para o debate público recuperando historicamente o engajamento da sociedade civil organizada, nestes eventos e Foz, a partir seu protagonismo e dinamismo político comunitário.

A Cáritas Diocesana e o Programa de Pós-Graduação Sociedade Cultura e Fronteiras acreditam que se atingiu condignamente esta meta, com o livro ora publicado, que abre caminho para continuidade de novas pesquisas, quantitativas e qualitativas, sobre a temática eleita.

A obra, é de cunho acadêmico e seus os textos foram alinhados para dar tratamento jurídico e político ao fenômeno do tráfico de pessoas entre fronteiras, considerando a naturalização do crime, a baixa reprovação social local e a invisibilidade delituosa, acentuando a manutenção de “cifras ocultas”, como retratado no livro.





DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome